"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

Da autonomia em política - Cornelius Castoriadis

A filosofia não é filosofia se não expressa um pensamento autônomo. Que significa autônomo? Isto é autônomo, "que se dá a si mesmo sua lei". Em Filosofia, está claro: dar-se a si mesmo sua lei, quer dizer estabelecer as questões e não aceitar autoridade alguma. Pelo menos a autoridade de seu próprio pensamento prévio.

O poder na era das redes sociais

A comunicação de masas é aquela que tem o potencial de chegar ao conjunto da sociedade e é caracterizada por uma mensagem que vai de um a muitos, com interatividade inexistente ou limitada. Autocomunicação de massas é aquela que vai de muitos para muitos, com interatividade, tempos e espaços variáveis, controláveis.

Hayek contra Keynes: o debate do século

As linhas divisórias que hoje cruzam pensamento econômico devem muito a este debate. Por exemplo, a análise do papel do Estado e da política na gestão econômica depende essencialmente desta polêmica.

O Califado contra o resto do mundo

Quem ganha e quem perde com o novo realinhamento geopolítico no Médio Oriente?

Colapso do petróleo e do sistema financeiro ameaça expropriar os fundos de pensão

Desde os resgates bancários de 2008 houve um debate produtivo sobre a necessidade de mudar o sistema e evitar os monstros bancários "grandes demais para falir", que tiveram que ser resgatados pelos governos.

sábado, 26 de março de 2011

psicanálise froidiana

        Em 1900 no livro a interpretação dos sonhos,Freud apresenta a primeira concepção sobre a estrutura e funcionamento da personalidade.Essa teoria refere-se à existência de três instâncias psíquicas:inconsciente,pré-consciente e consciente.
       O inconsciente exprime o " conjunto dos conteúdos não presentes no campo atual da consciência".É constituído por conteúdos reprimidos,que não tem acesso aos sistemas pré-consciente/consciente,pela ação de censuras internas.Estes conteúdos podem ter sido conscientes,em algum momento,e terem sido reprimidos,isto é,"foram" para o inconsciente,ou podem ser genuinamente inconscientes.O inconsciente é um sistema do aparelho psíquico regido por leis próprias de funcionamento.Por exemplo ,não existem as noções de passado e presente.
      O pré-consciente refere-se ao sistema onde permanecem aqueles conteúdos acessíveis à consciência.É aquilo que não está na consciência,neste momento,mas que no momento seguinte pode estar.                          
      O  consciente é o sistema do aparelho psíquico que recebe ao mesmo tempo as informações do mundo exterior e as do mundo interior .Na consciência, destaca-se o fenômeno da percepção e,principalmente,a percepção do mundo exterior.