"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

segunda-feira, 12 de março de 2012

Ricardo Teixeira renuncia à CBF

Ricardo Teixeira acaba de confirmar sua renúncia da presidência da CBF Ele também deixa o comando do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014.


"Deixo definitivamente a presidência da CBF com a sensação de dever cumprido", escreveu Teixeira em carta lida nesta segunda-feira por José Maria Marin, que ocupava a vice-presidência da confederação para a Região Sudeste e assume o comando da CBF.
"Presidir paixões não é uma tarefa fácil em nosso país. Futebol é associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos exaltam o talento, quando perdemos, a desorganização. Fiz o que estava ao meu alcance, renunciei à saúde. Fui criticado nas derrotas e subvalorizado nas vitórias", acrescentou.
Teixeira assumiu a presidência da CBF em 1989 e vinha sempre alvo de denúncias. Mas Ele deixa a presidência da CBF alegando problemas de saúde, que também o teriam afastado da entidade no último mês de outubro.
O Vice-presidente da instituição, José Maria Marin, assume a presidência onde permanecerá até o final de 2014.

0 comentários:

Postar um comentário