"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

terça-feira, 17 de julho de 2012

LDO aprovada na Comissão de Orçamento, agora segue para votação no Plenário do Congresso

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2013 foi aprovado na tarde desta terça-feira  (17). O texto deve ser votado em seguida no Plenário do Congresso Nacional.

Um acordo entre oposição e governo  retirou o item que autorizava investimentos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) mesmo que a lei orçamentária não fosse aprovada pelo Congresso – e sancionada pela Presidência da República – até o final do ano.

No cenário econômico previsto na LDO, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) será de 5,5%, totalizando R$ 5,03 trilhões, em 2013. O superávit primário previsto para o período é de R$ 155,9 bilhões para o setor público, sendo R$ 47,8 bilhões de responsabilidade de Estados e municípios. A dívida líquida do setor público, no ano que vem, deve ficar em 32,5% do PIB e o salário mínimo a partir de 1º de janeiro de 2013 é de R$ 667,75.

Fonte: Agência senado e UOL

0 comentários:

Postar um comentário