"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Desmatamento na Amazônia Legal aumentou 437% em relação a junho de 2012


desmatamento na Amazônia

O SAD detectou 184 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal em junho de 2013. Isso representou um aumento de 437% em relação a junho de 2012 quando o desmatamento somou 34 quilômetros quadrados. Devido a baixa cobertura de nuvens foi possível monitorar 88% do território em junho 2013 enquanto em junho 2012 havia mais nuvens e foi possível monitorar 73% do território.
O desmatamento acumulado no período de agosto de 2012 a junho de 2013 totalizou 1.855 quilômetros quadrados. Houve aumento de 103% em relação ao período anterior (agosto de 2011 a junho de 2012) quando o desmatamento somou 907 quilômetros quadrados.
Em junho de 2013, o desmatamento ocorreu principalmente no Pará (42%), Amazonas (32%), Mato Grosso (18%) e Rondônia (5%).
As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 169 quilômetros quadrados em junho de 2013. Em relação a junho de 2012, quando a degradação florestal somou 15 quilômetros quadrados, houve um aumento de 1078%.
A degradação florestal acumulada no período (agosto 2012 a junho 2013) atingiu 1.462 quilômetros quadrados. Em relação ao período anterior (agosto de 2011 a junho de 2012), quando a degradação somou 1.974 quilômetros quadrados, houve redução de 26%.
Em junho de 2013, o desmatamento detectado pelo SAD comprometeu 3,5 milhões de toneladas de CO2 equivalente. No acumulado do período (agosto 2012 a junho de 2013) as emissões de CO2 equivalentes comprometidas com o desmatamento totalizaram 97 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 90% em relação ao período anterior (agosto de 2011 a junho de 2012).
Boletim do Desmatamento (SAD) Junho de 2013
Martins, H., Fonseca, A., Souza Jr., C., Sales, M., & Veríssimo, A. 2013. Boletim Transparência Florestal da Amazônia Legal (Junho de 2013) (p. 13). Belém: Imazon. Baixe aqui o arquivo

0 comentários:

Postar um comentário