"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Rede Globo é investigada pelo MP por sonegação fiscal

Uma investigação preliminar irá apurar suspeitas de sonegação envolvendo a Rede Globo. O anúncio foi feito pela Procuradoria da República do Distrito Federal na última terça-feira (16) e os trabalhos haviam iniciado no dia anterior. A Globo é acusada de tentar sonegar impostos referentes à exibição da Copa do Mundo de 2002 e teria recebido uma multa de R$ 600 milhões por isso.
joanatavares
Foto: Radio AgenciaNP
Também pesa sobre o conglomerado de mídia suspeitas de lavagem de dinheiro, crimes contra órgãos da administração direta e indireta da União, e estelionato.
O pedido de apuração foi feito por 17 entidades da sociedade civil na última sexta-feira (12). Entre elas estão o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação.
O caso vinha sendo acompanhado pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro desde 2005, segundo divulgou o órgão na última semana. Também foi informado que a investigação não havia sido aberta devido a impeditivos legais, pois a Globo já teria restituído os valores fiscais. Porém, o órgão confirmou que documentos do caso foram extraviados por uma servidora da Receita Federal, que foi processada e condenada pela Justiça.
A Rede Globo divulgou nota em que afirma que não tem dívida em aberto com a Receita e que desconhece o caso de extravio de documentos.
Com a abertura da investigação, o Ministério Público do Distrito Federal tem até 90 dias, prorrogáveis pelo mesmo tempo, para apurar as informações. Se houver indícios de crime, é aberto inquérito.
De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.
*Com informações da Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário