Atentado contra prédio da ONU na Nigéria mata pelo menos 10


Reuters Brasil
ABUJA (Reuters) - Uma bomba explodiu nesta sexta-feira no prédio das Nações Unidas em Abuja, capital da Nigéria, causando a morte de pelo menos 10 pessoas, segundo profissionais da área médica. Fontes do setor de segurança disseram que um carro-bomba foi lançado contra o edifício.
"Temos 10 corpos e poderá haver mais", disse uma fonte da área médica, que não quis identificar-se.
"Um carro bateu contra o edifício e explodiu. Isto muito provavelmente é uma ação do Boko Haram ou do Aqim (a Al Qaeda no Magreb Islâmico) e é uma grave escalada nas condições de segurança na Nigéria. É a pior coisa que poderia ter acontecido", declarou a fonte.
Testemunhas disseram ter visto vários corpos sendo removidos do prédio.
"Nós vimos a explosão vinda do prédio. Todas as pessoas que estavam no subsolo foram mortas. Seus corpos estão literalmente por toda a parte. Vi cinco corpos", afirmou Ocilaje Michael, um dos funcionários da ONU.
A Nigéria tem sido alvo de uma onda de atentados por parte da seita radical islâmica Boko Haram, cujo nome significa "A educação ocidental é pecaminosa", no idioma hausa, falada no norte do país. Quase diariamente o grupo está por trás de atentados e tiroteios, na maioria tendo como alvo a polícia na região norte do país.
Na quinta-feira um atentado do Boko Haram contra uma delegacia de polícia e ataques a bancos numa cidade no nordeste do país deixaram 12 mortos, incluindo um policial e um soldado.

Postar um comentário

0 Comentários