Guerrilheiro e pesquisadora lançam blogue sobre o Araguaia


O médico e ex-guerrilheiro João Carlos Campos Wisnesky e a jornalista e pesquisadora da Guerrilha do Araguaia, Myrian Luiz Alves, criaram o blog Araguaia – história em movimento para narrar o conflito na região e seus desdobramentos, como o vaivém processual do fato, a política de reparação financeira aos familiares de guerrilheiros “desaparecidos” e os bastidores da cobrança por identificações abandonadas em prédios públicos de Brasília.



O objetivo, ao contar a última das resistências armadas ao regime militar dos anos 1970, e a
única ocorrida em área rural, é fazer a ponte com parte dos movimentos sociais da atualidade,
sem vitimização.

 
João Carlos, que fundou a maior base universitária do PCdoB nos idos de 1968, no Rio de Janeiro, realça o caráter dos que correram o risco imaginando dias melhores para todos. É possível tomar conhecimento nos primeiros textos de nome e fotografia do militar responsável pelo Batalhão de Infantaria de Selva, instalado no Km 8 da Transamazônica, em Marabá, criado para o combate à guerrilha, em junho de 1973. Eles são revelados da maneira como estão ilustrados na sala de comando do batalhão, sem segredos. Como não poderia ser mantido em segredo um conflito que envolveu guerrilheiros - incluindo sobreviventes -, militares e moradores do imenso sudeste do Pará.

O blogue contém ilutrações e receberá colaborações, incluindo as de militares ou ex-militares,
dispostos a contribuir com a pesquisa histórica. Esboçará, ainda, opiniões sobre o cotidiano
político atual do Brasil. Não percam!

Portal Vemelho


Postar um comentário

0 Comentários