"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Secretário-Geral promete apoio da ONU à transição pacífica de poder na Líbia

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu hoje (22/08) que haja uma transição suave e pacífica na Líbia, onde o regime do Coronel Muamar Kadafi está à beira do colapso após a tomada da capital Trípoli pelos rebeldes e da prisão de dois dos seus filhos. Ban afirmou que será realizada uma reunião ainda esta semana entre os chefes de organizações internacionais.
“As cenas dramáticas que estamos testemunhando em Trípoli são uma prova da coragem e da determinação do povo líbio em busca de um futuro livre e democrático”, afirmou o Secretário-Geral. “Este é o momento para que todos os líbios se concentrem na unidade, na reconciliação e na inclusão nacional.”
Em sua declaração, Ban disse que as Nações Unidas estão prontas para dar todo o apoio à população da Líbia em áreas como segurança e Estado de Direito, recuperação econômica e social e direitos humanos. Ele afirmou que vai assegurar que a ONU faça o possível para promover uma transição ordenada, que responda às aspirações da população líbia por paz, democracia e oportunidades.
O Secretário-Geral elogiou as garantias dadas pelo Presidente do Conselho Nacional de Transição (NTC), Mustafa Abdul Jallil, de que haverá muito cuidado para proteger as pessoas e as instituições e para manter a lei e a ordem. Ban disse ainda que seu Enviado Especial para a Líbia, Abdel Elah Al-Khatib, e seu Assessor Especial para planejamento pós-conflito, Ian Martin, viajarão para Doha (Qatar) para se reunir com lideranças do NTC.
ONU Brasil

0 comentários:

Postar um comentário