"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Enchentes atingem mais de 100 mil pessoas no Acre - Saiba como ajudar


Segundo estimativas da Defesa Civil, as cheias dos rios no Estado do Acre atingiram até este sábado, às 10h, mais de 124.153 mil pessoas nos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Xapuri, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa, Manoel Urbano, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul. Entretanto, apenas um óbito foi registrado.
Alan Felipe de Souza Marinho, 19 anos, morreu após receber descarga elétrica de uma ligação clandestina, no bairro Seis de Agosto, em Rio Branco. O servidor do Departamento de Estradas e Rodagens (Deracre) trabalhava como voluntário em uma das áreas alagadas, onde fazia entrega de cestas básicas para famílias que resistem em sair de suas moradias. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar a morte do rapaz. O governador Tião Viana, que desde o início da enchente tem agradecido o apoio e trabalho dos voluntários, lamentou a morte do jovem.
Na manhã deste sábado, o presidente da Eletrobrás-Acre, Celso Mateus, concedeu coletiva à imprensa comunicando o corte de energia elétrica em outras áreas alagadas que já oferecem risco a população e onde os moradores também insistem em se manter nas casas.
A medida adotada pela Eletrobrás-Acre foi ratificada pelo Ministério Público Estadual, que também concedeu coletiva à imprensa comunicando o apoio.
Em Rio Branco, 23.688 imóveis e 94.752 pessoas foram atingidos. A maioria dessas pessoas está em casa de parentes e amigos, um total de 88.664, e 1.614 famílias estão alojadas em abrigos públicos, totalizando 6.088 pessoas.
O governador Tião Viana determinou o envio de carros pipas á Brasiléia, município que faz fronteira com a Bolívia e teve 95% da área urbana atingida, para, juntamente com homens do Corpo de Bombeiros e do Exército que já se encontram no munícipio, auxiliar na limpeza da cidade e no retorno das famílias atingidas pela cheia.
Na medição divulgada às 10h pela Defesa Civil, o rio alcançou, em Rio Branco, a cota de 17,59metros, ficando 3,59m acima da cota de transbordamento que é 14m. Em Assis Brasil, Brasiléia e Xapuri, o rio apresenta vazante.
Os números oficiais da enchente em Rio Branco e no Estado do Acre até às 11h são: 


Nível do Rio Acre em Rio Branco
17,59 m - Medição das 10h - 25/02/2012
6.088 pessoas alojadas em abrigos públicos (1.614 famílias)
23.688 imóveis atingidos
94.752 pessoas atingidas pela água
3,59 m acima da cota de transbordamento (14m)
Número de pessoas alojadas em abrigos públicos nos municípios atingidos pela enchente:
- Assis Brasil: 330 pessoas
- Xapuri: 458 pessoas
- Porto Acre: 390 pessoas
- Santa Rosa: 724 pessoas
- Sena Madureira: 660 pessoas
- Brasiléia: 2.110 pessoas (95% da cidade foi atingida. A população atingida está em sete abrigos e casas de familiares)
- Epitaciolândia: 300 pessoas
- Cruzeiro do Sul: 20 pessoas
* Em todo o Estado, a estimativa é de mais de 124.153 mil pessoas atingidas pelas enchentes causadas pelos rios Acre, Iaco, Purus e Juruá.  


Níveis dos Rios do Acre
Riozinho do Rôla: 17,70 m
Assis Brasil:  4,25 m
Xapuri: 11,16 m
Brasiléia: 6,36 m
Sena Madureira: 17,94 m
Boca do Acre: 20m (cota de transbordamento: 20m)
Cruzeiro do Sul: 13,53 m
Purus: 20 m 

Agência: 3320 – Estação Experimental
Operação: 006
Conta: 71-7
CGC: 63.608.947/0002-80
Nome: Coordenação Estadual Defesa Civil

Informações de: Agência Notícias do Acre (http://www.agencia.ac.gov.br)
Rio Branco, Acre 25 de fevereiro de 2012. 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco

Secretaria de Comunicação do Governo do Estado do Acre

0 comentários:

Postar um comentário