"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

segunda-feira, 12 de março de 2012

Irã acusa Israel de crimes de guerra contra Gaza

Destruição causada por bombardeios israelenses em Gaza

O Ministério de Relações Exteriores do Irã condenou ontem (11), energicamente, os ataques israelenses contra a Faixa de Gaza e os qualificou como “crimes de guerra”, anunciou a agência de notícias iraniana Fars.




“Os repetidos ataques e agressões dos militares do regime sionista contra os palestinos indefesos em Gaza... são condenador por constituir crimes de guerra e atos inumanos” disse a chancelaria em um comunicado.

O Ministério também fustigou o silêncio da comunidade internacional ante os crimes de Israel em Gaza e disse: “a comunidade internacional e os órgãos de direitos humanos não devem manter silêncio ante tão flagrantes violações dos direitos humanos e ante o massacre dos palestinos indefesos por parte dos sionistas e devem atuar em cumprimento de seu dever seu dever humanitário e jurídico e com responsabilidade para defender aos palestinos”, informou a Fars.

Os conflitos atuais entre Israel e grupos militantes na Faixa de Gaza causaram a morte de 14 militantes e feriram mais de 20 palestinos. Os militantes continuam lançando foguetes contra Israel e os aviões de caça israelenses fazer ataques de represália.

Fonte: Xinhua

0 comentários:

Postar um comentário