"A liberdade de imprensa é a permissão de qualquer aleijado bater-se com um professor de esgrima." (Luís da Câmara Cascudo)

sábado, 1 de junho de 2013

As 3ª vias que não levam a lugar nenhum

É comum aqui no Rio Grande do Norte as eleições ficarem concentradas em dois grupos, na maioria das vezes ainda adeptos do anacronismo Verde x Vermelho, só que neste momento surge o contexto mundial de descrença com os políticos, no caso brasileiro , terrível por essência porque nunca se confiou se era manipulado de uma forma tal a não saber-se nem o que era ou é Política, aparece como uma generalização de visualizar apenas a corrupção e tem nascido oportunidades de 3ª vias, geralmente passam e o que fazem é fortalecer os oligarquismos de antes, são suspiros.

Foi o que aconteceu em Natal com Micarla de Souza eleita pelo PV para substituir longos anos de trocas Alves X Mais duas oligarquias parasitárias do estado, foi uma gestão calamitosa, quem votara em Micarla esperava novas coisas restritas para suprir apelos comuns como saúde, educação ou segurança, um erro tolo, nunca se construirá uma 3ª via caída do nada.

As pessoas quando clamam por saúde, educação ou segurança querem que isso lhes seja dado do nada é por isso que elegem um prefeito, por exemplo, e imediatamente organizam os "fora". Tenta-se suprimir lutas sociais e as ideias colocadas são meros conservadorismo que se refletem nas "marchas contra a corrupção" pedindo leis ou cadeia para um ou outro, mas nunca traçam um plano político pautado em meios concretos de efetivação.

O brasileiro enxerga política apenas como antro de corrupção, basta um pequeno gesto contrário a isto ,como Joaquim Barbosa, que surge um ídolo, precisa entender que gestos particulares nunca mudarão nada,  mas o impacto da mídia conservadora não tem precedentes; somente pela organização social politicamente clara e definida é que poderemos modificar nossa realidade de injustiça social, coleta de votos sem formação política em meio a organização social é um delírio passageiro.

Entre ficar com o oligarquismo e apostar em um delírio não há diferença alguma.

0 comentários:

Postar um comentário