A população cresce aceleradamente onde as necessidades são maiores

           A população mundial aumentará em cerca de 50%, passando de 6,1 bilhões em meados de 2001 para 9,3 bilhões em 2050. Os 48 países menos adiantados triplicarão sua população aumentando de 658 milhões para 1,8 bilhão, segundo informa a Divisão de População das Nações Unidas na publicação World population prospect: the 2000 revision.
           Essas estimativas indicam que a população está crescendo cerca de 77 milhões de pessoas por ano neste início do século XXI. A metade desse crescimento acontece em seis países: Índia (21%), China, Paquistão, Nigéria, Bangladesh e Indonésia. Essas mesmas projeções mostram que, em 2050, os países subdesenvolvidos terão 85% da população mundial. O total da população dos países desenvolvidos permanecerá em 1,2 bilhão. Mas em 39 países a população diminuirá, notadamente na Europa. Em 2050, a população mundial terá maior quantidade de idosos.
             O informe salienta que nos 45 países mais afetados a aids causará 15,5 milhões de mortes a mais do que se previa anteriormente. Até 2015, a esperança de vida nesses 45 países será de 60 anos, cinco menos do que tinham antes da aids. Entretanto, deve-se verificar o aumento populacional devido às altas taxas de fecundidade.

(adaptado de: ONU. fundo das nações unidas para a população. Estado da população mundial, 2001.)

Postar um comentário

0 Comentários