Direitos humanos será disciplina nos currículos de escolas e universidades do Brasil. Falta direitos humanos com relação aos professores.

O ensino de direitos humanos passará a fazer parte da grade dos estudantes nas escolas e Universidades brasileiras a partir de 2013. A decisão foi tomada pelo governo federal durante a homologação das diretrizes nacionais para educação em direitos humanos.


De acordo com o Plano Nacional de Direitos Humanos, as diretrizes homologadas têm como fundamento os princípios de dignidade humana; o reconhecimento e a valorização das diferenças e das diversidades; a laicidade do Estado; a democracia na educação; a transversalidade, a vivência e a globalidade; e a sustentabilidade socioambiental.
O ensino das diretrizes será inserido no currículo das matérias já existentes da educação básica e de ensino superior. A inserção poderá ocorrer pela transversalidade utilizando temas relacionados aos direitos humanos e tratados interdisciplinarmente; como um conteúdo específico de uma das disciplinas no currículo escolar ou ainda de maneira mista, combinando transversalidade e disciplinaridade.
A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) declarou em nota que a homologação das diretrizes é um ato de ousadia. "Achamos que é possível a formulação pedagógica dos direitos humanos. Com essas diretrizes, vamos produzir a construção de valores na sociedade para combatermos, no ambiente escolar, o bullying, a homofobia, a discriminação por classe social, cor, raça, religião, entre outros.”
 “O primeiro desafio que precisamos vencer é a violência na própria sala de aula, o desrespeito ao professor, as agressões entre alunos, a discriminação de raça, de orientação sexual e de religião”, disse o ministro da Educação Aloizio Mercadante, em nota. “Nós não podemos ter um pacto de silêncio com essa situação que está presente em sala de aula. A escola tem de ser uma escola de valores, para termos uma cidadania plena no Brasil.”
Excelente novidade, Direitos Humanos, Cidadania, Cultura, são temas em que os brasileiros são excluídos, agora que o governo saiba que precisamos de educação de verdade, e não de fazer uma enganação eleitoreira, quem serão os professores dessa nova disciplina, os que temos sequer recebem um salário digno da pessoa humana, fazer propaganda brincando de fazer educação não tem graça nenhuma!
Informações da Rede Brasil Atual


Postar um comentário

0 Comentários