Peña Nieto, do PRI, será o novo presidente do México


Por: Anahi Rama e Lizbeth Salazar, da Reuters

O Partido Revolucionário Institucional (PRI), que governou o México pela maior parte do século 20, proclamou vitória na eleição presidencial de domingo, encerrando um período de 12 anos na oposição, após uma campanha dominada pelas preocupações econômicas e a guerra contra o tráfico de drogas. 

Peña Nieto, do PRI, será o novo presidente do México
Enrique Peña Nieto, em um ato de campanha em Toluca. PRI volta para continuar hegemonia de 70 anos no poder (©Edgard Garrido/REuters)
Peña Nieto teve 42% dos votos nas contagens não-oficiais – pesquisas de boca-de-urna e numa contagem inicial dos votos realizada pelas autoridades eleitorais. O Instituto Federal Eleitoral (IFE) deve divulgar os resultados oficiais nesta segunda-feira (2).

Apesar de os principais concorrentes terem afirmado que ainda é cedo demais para reconhecer a derrota, Peña Nieto, de 45 anos, realizou um discurso da vitória à noite saudando seus eleitores, e uma importante autoridade eleitoral disse que a vantagem do candidato do PRI é irreversível.

"Os mexicanos deram uma nova chance ao nosso partido. Vamos honrar os resultados", disse Peña Nieto aos seguidores na sede do PRI, na Cidade do México. O presidente Felipe Calderón, que está deixando o cargo, saudou Peña Nieto pela vitória, que representou uma volta por cima para o PRI.

Projeções iniciais da emissora de TV Milenio indicaram que o PRI não conseguiu votos suficientes para formar maioria absoluta tanto no Senado como na Câmara.

Postar um comentário

0 Comentários