O Vaticano construiu um império imobiliário com milhões recebidos de Mussolini


A Santa Sé tem vários edifícios no Reino Unido, França e Suíça, num total de US $ 800 milhões

O Vaticano poderia ter adquirido várias propriedades no Reino Unido, França e Suíça com o dinheiro que recebeu de Mussolini durante o regime fascista na Itália.



Isso é o que revelou o jornal britânico 'The Guardian', após uma investigação jornalística e depois de examinar os arquivos do serviço de inteligência britânico. 



Segundo o jornal, o Vaticano, através de uma rede de empresas fantasmas, possui edifícios em Londres como Bulgari na loja New Bond Street ou Altium de Capital do banco na Praça de Saint-James e outros imóveis no Reino Unido, França e Suíça, para um valor total de cerca de US $ 800 milhões. 



Este dinheiro, de acordo com o 'The Guardian', foi recebido pela Santa Sé em 1929 em troca do reconhecimento papal do regime fascista italiano de Benito Mussolini. 



O representante oficial do Vaticano em Londres, Arcebispo Antonio Mennini, se recusou a comentar sobre a situação.



Postar um comentário

0 Comentários