Por quê a agressividade?

"O homem é um ser 100% biológico e 100% cultural" (Edgar Morin)

A parte cultural nascida na civilização precisão aprender a compreender para reter a agressividade, segundo Freud as artes seriam formas de canalização da agressividade, certamente depois de uma rejeição no amor ouvir música ou escrever um poema é mais civilizado do que conseguir a ser "desejado" à força. Freud formulou a tese a partir dos estudos psicanalíticos segundo a qual o indivíduo comportaria "instintos de morte", forças destrutivas que se apresentaria internamente ao sujeito no sadismo e masoquismo, onde, aparecem juntos ao seu oposto, os "instintos de vida", relacionados com a auto preservação e a sobrevivência das espécies; e externamente os instintos de morte apresentam-se sobre a forma do ódio e da agressão.

Para Morin em  busca de afirmação o indivíduo põe-se diante do egoísmo e do altruísmo, o primeiro voltado para a defesa do eu e o segundo para a vida interacional.. Ainda segundo Morin o indivíduo seria ao mesmo tempo animalidade e humanidade, sujeito a pulsões agressivas, portanto, segundo o mesmo autor a educação precisa ensinar o respeito á individualidade junto com a coletividade e a unidade ao lado da diversidade, ou seja, tudo em torno da compreensão das diferenças

Postar um comentário

0 Comentários