Os Pobres são a Mudança

“Os homens fazem a sua própria história, mas não a fazem como querem, não a fazem sob circunstâncias de sua escolha e sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado.”(Karl Marx)

Quando Marx escolheu aos pobres e oprimidos do Mundo para os que retirariam a Humanidade de sua pré-história o fez exatamente porque estes "não tinham nada a perder, a não ser seus próprios grilhões". As elites não carregam o desejo de mudança pois ostentam uma posição confortável. Antes dizia-se que os mais instruídos deveriam governar, essa mudança é por si só revolucionária, os pobres fazendo política é o medo das elites e a mudança no Mundo.

Os Homens fazem a sua História sem saber como a fazem deixa intrínseco o caráter alienante das sociedades, a moral, a religião, o Direito, verdades eternas que fazem pregadores afirmarem que elas valem mais do que os próprios homens são alienados em si mesmos.

Não era mais natural a pobreza, diz Hannah Arendt analisando o tema, a pobreza era fruto de situações humanas, sócio-econômicas, transformemo-las e assim ponhamos fim a opressão.

Postar um comentário

0 Comentários