Cidadania oca

"Se o direito de comprar um telefone celular, um tênis, um relógio da moda consegue silenciar ou prevenir entre os excluídos a militância política, o tradicional direito político, as perspectivas de avanço democrático se veem diminuídas" (José Murilo de Carvalho)

Este trecho é da obra Cidadania no Brasil: Um longo caminho, onde, José Murilo de Carvalho analisa de forma detalhada a trajetória da cidadania, ou de suas dificuldades, no Brasil. Por exemplo, o voto, no império o voto no Brasil, segundo o autor, poderia ser considerado, do ponto de vista da inscrição, mas liberal do que na Inglaterra na mesma época, mas per outro lado o voto aqui era mero critério formal, os currais eleitorais, a venda do voto como arma do povo contra as oligarquias,, os 'Fósforos" sujeitos que votavam como se fossem outros eleitores, o aparelhamento de sindicatos durante o Estado Novo, enfim.

Para José Murilo , a tríade  dos direitos (Civis, políticos e sociais) colocado por Marshall como uma sequência lógica no Brasil foram invertidos, enquanto o estatismo populista promovia os direitos sociais, para o autor esses foram os primeiros efetivados no Brasil, restringia os direitos políticos.

Ainda hoje, para o autor, se espera no executivo por "Messias", não se confia na política, mas vota-se em troca ou á espera de favores pessoais.

Postar um comentário

0 Comentários