Os países com as maiores e as menores rendas per capita em 2016

Artigo de José Eustáquio Diniz Alves

lista dos 40 países com maior renda per capita em poder de paridade de compra (ppp)

O gráfico acima mostra a lista dos 40 países com maior renda per capita em poder de paridade de compra (ppp). O Qatar fica em primeiro lugar pois é um país que tem muito petróleo e pouca gente. Com isto a renda per capita é muito alta e mais de duas vezes maior do que a renda per capita dos Estados Unidos (EUA).
Luxemburgo aparece em segundo lugar e Macau e Hong Kong (duas províncias da China), que são cidades-estado, aparecem no topo da lista com 3º e 12º lugares. Singapura fica em 4º lugar e ganha destaque especialmente porque era um país pobre que foi colônia inglesa, foi invadido pelo Japão e fazia parte da Malásia até 1965, mas iniciou uma rota de sucesso e conseguiu ser um dos países de maior renda do mundo e maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
Os tigres asiáticos, Taiwan e Coreia do Sul, são outros exemplos de sucesso. Taiwan é uma “província rebelde” da China, mas tem uma renda per capita 3 vezes maior do que a da China continental.
Da América Latina, Porto Rico e Trinidad e Tobago aparecem entre os 40 países com maior renda per capita. Mas Porto Rico é um país quebrado e com uma dívida monstruosa.
Provavelmente vai sair da lista dos mais riscos nos próximos anos. Trinidad e Tobago é um país pouco populoso e exportador de petróleo e também enfrenta dificuldades com a queda do preço dos combustíveis fósseis.
Mas estes dois países da América Latina e Caribe (ALC) estão muito melhor do que a Argentina que fica em 60º lugar e o Brasil que aparece em 86º lugar em uma lista de 191 países.
Entre os países mais pobres, com menos de US$ 2 mil estão principalmente os países da África Subsaariana, sendo República Centro-Africana, República do Congo, Burundi, Libéria, etc. O Haiti também está entre os países mais pobres do mundo, sendo o mais pobre da ALC.

países com os menores níveis de renda per capita, 2016

Como se nota nos dois gráficos apresentados, a diferença entre o pais com maior renda per capita (Qatar = US$ 130 mil) e o país com menor renda per capita (República Centro-Africana = US$ 660) é de quase 200 vezes.
O caminho para um mundo mais justo e com maior igualdade de renda e de condições de vida ainda está longe da realidade. Nas metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a redução das desigualdades entre os países está colocada. Mas dificilmente o mundo terá um quadro mais promissor até 2030.
José Eustáquio Diniz Alves, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE; Apresenta seus pontos de vista em caráter pessoal. E-mail: jed_alves@yahoo.com.br
in EcoDebate, 09/09/2016

Postar um comentário

0 Comentários