Presidentes sul-americanos desejam pronta recuperação a Lula após notícia de câncer


O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, anunciou aos presentes na Cúpula Ibero-americana a notícia de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva descobriu um câncer na laringe e aproveitou para recomendar a todos para que façam exames periódicos. Ele desejou pronta recuperação a Lula, assim como Rafael Correa, presidente do Equador.
 
"Devemos ser controlados periodicamente, porque nossa saúde muitas vezes não é bem controlada", disse Lugo, que foi diagnosticado em agosto de 2010 com um câncer linfático e recebeu tratamento no Paraguai e no Brasil, no Hospital Sírio Libanês. 
 
Lugo aproveitou o intervalo do evento para informar os líderes de países presentes da notícia.
 
Correa se referiu ao estado de saúde de Lula e lhe desejou uma recuperação rápida. "A Lula, tomara que você possa vencer esta nova batalha; como o grande lutador que você é", afirmou o presidente equatoriano.
 
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, também realizou tratamento recentemente contra um câncer em Havana, Cuba e afirmou estar totalmente curado. 
 
Lula
 
O hospital Sírio Libanês informou na manhã de hoje que oO ex-presidente Lula da Silva realizou exames e foi diagnosticado com um tumor localizado de laringe. Lula, quem fez 66 anos na última quinta-feira (27/10), "está bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatório", detalha a nota, assinada pelo médico Antonio Carlos Onofre de Lira, diretor do hospital.
 
Conforme o hospital, uma das recomendações imediatas dos médicos para Lula é parar definitivamente de fumar, um hábito que mantém há décadas e que, embora tenha reduzido, nunca largou. "Nos últimos dias ele vinha reclamando de sua voz, que sempre foi muito grave, mas agora estava mais rouca que o comum", disse aos jornalistas Paulo Okamoto, presidente do Instituto Cidadania e umas das pessoas mais próximas de Lula.
 
No mesmo hospital foi tratada com sucesso a atual presidente, Dilma Rousseff, de um câncer no sistema linfático em 2009, e recebe atendimento atualmente o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, de uma doença similar a de Dilma.

Opera Mundi

Postar um comentário

0 Comentários