‘Os governos devem fazer todo o possível para proteger os jornalistas’, diz Ban Ki-moon na Cúpula Mundial de Mídia


Representantes dos principais meios de comunicação de 102 países estão reunidos entre os dias 4 e 7 de julho na capital russa, Moscou, para a Cúpula Mundial de Mídia. Hoje (5), o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, enviou sua declaração em vídeo para os participantes, destacando que “a mídia livre é fundamental para a verdadeira democracia e desenvolvimento sustentável.”
O objetivo do encontro, apoiado por 11 dos maiores grupos de mídia do mundo, é abordar os desafios do século XXI que afetam a mídia de massa e analisar a transformação radical do mercado de mídia, fornecendo uma avaliação adequada de setor e novos modelos eficientes de desenvolvimento na área.
A mensagem em vídeo pode ser acessada em http://wms2012.org/en/#/c6/190.html e na íntegra, em português, abaixo:
Mensagem em vídeo do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para a Cúpula Mundial de Mídia
Moscou, 05 de julho de 2012
“Tenho o prazer de enviar saudações a todos os que estão reunidos para a Cúpula Mundial de Mídia.
Este é um momento de grande transformação na maneira como as pessoas produzem e recebem informações. Seus papéis estão mudando. E vocês se reuniram em Moscou para discutir as questões emergentes e preocupações prementes.
Mudanças nos meios de comunicação estão abrindo um mundo de oportunidades. Mas também estamos vendo ameaças crescentes que pressionam as liberdades e os profissionais de mídia.
Ao longo dos últimos dez anos, mais de 500 perderam suas vidas. 66 foram mortos só este ano. Inúmeros outros foram detidos, ameaçados ou silenciados pelo medo e pela censura.
Jornalistas estão sob ameaça, não só em zonas de conflito, mas quando fazem matérias sobre os governos, a polícia e ou as empresas – ou cartéis de drogas e comerciantes de armas.
Tudo isso é aterrador. Os governos devem fazer todo o possível para proteger os jornalistas, combater a impunidade e alcançar a justiça. Este é o objetivo do nosso Plano de Ação da ONU sobre a Segurança de Jornalistas. A Resolução 1738 do Conselho de Segurança também chama para a ação.
Liberdade de expressão é um direito humano básico e um núcleo da missão da ONU. A mídia livre é fundamental para a verdadeira democracia e desenvolvimento sustentável.
Enquanto navegamos nestes tempos de mudança, devemos nos manter fiéis ao princípio imutável de que uma imprensa livre deve prosperar.
Nesse espírito, desejo-lhes sucesso.”

Postar um comentário

0 Comentários