População acha polícia não confiável, preconceituosa e ineficiente, aponta Ipea


A maioria da sociedade brasileira não confia ou confia pouco nas instituições policias do país. Segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 62% da população nutre desconfiança em relação à Polícia Militar. Índice parecido é referente à Polícia Civil, com 60%. No caso das Polícias Federal e Rodoviária Federal, a desconfiança cai um pouco, com quase 46% e 47% respectivamente.
Os números fazem parte de estudo do Sistema de Indicadores de Percepção Social sobre a Segurança Pública de 2012 do Ipea, lançado na última quinta-feira (5). O órgão aponta que “na condição de portadora de um mandato que lhe permite utilizar a força física cada instituição policial deve atuar dentro da legalidade, com a legitimidade oriunda da confiança da população”.
A maior parte dos cidadãos também acredita que a Polícia Militar é ineficiente quanto a responder chamadas de emergência, com 53,3% em todo o país. Além disso, 51,5% dos entrevistados pela pesquisa opinam que a PM não respeita as pessoas em suas abordagens de rua.
Há também maioria quanto à opinião de que os policiais brasileiros não respeitam os direitos dos cidadãos, com 53,5% nacionalmente. E, também, 63,5% acham que os policiais tratam as pessoas com preconceito.
De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

Postar um comentário

0 Comentários