Nem só de carnaval vive o homem - Educar para mudar a sociedade

Fiquei-me impressionado com um fato que classifico como mais um, entre tantos, problemas sociais advindos da má qualidade na educação brasileira - A falta de consciência política - É impressionante como as pessoas de Caicó-RN tem disposição para fazerem reunião de Bloco de Carnaval e nenhuma para discutir os problemas sociais da cidade.

Esse aspecto é salutar para demagogos que se apossam do poder público local - do seu distanciamento com a coisa pública nasce meu domínio - Agora a população sequer pode ser condenada já que antes de fazermos isso precismos educá-la primeiro, dar-lhes uma consciência crítica e a consequente capacidade de pensar sua sociedade, é por isso que elite,  que sempre governou o Brasil até hoje, nunca quis saber de educação pública de qualidade e para todas. Essa é a grande bandeira para empunharmos neste século.

Para os dirigentes locais carnaval é um grande investimento para a cidade, mas é muito maior para fomentar a degradação social e a consequente perpetuação no poder de despolíticos.

Sem educação não há sociedade justa. 

Postar um comentário

0 Comentários