Pra que Henrique se já tivemos tantos Alves?

Em 1994 o então já Senador, Garibaldi Alves, se preparava para concorrer ao cargo de governador do Rio Grande do Norte. 20 anos depois é a vez de seu primo, Henrique Alves, já no décimo primeiro mandado consecutivo de deputado federal aparecer como "salvador".

O que se pode esperar de quem já controla o Estado há décadas? É uma ilusão propagandística criada, na verdade não há chances de replanejar o estado nesse pântano de certas incertezas.

E agora o Rio Grande do Norte é um dos estados brasileiros onde as taxas de violência dispararam na última década e, onde, os serviços públicos essenciais são farrapos. Nas escolas faltam professores, método de ensino adequado, estrutura caótica, muitos alunos em sala.

O Rio Grande do Norte não tem por que ser feudo da família Alves, para quê termos uma família real no meio do caos?

Postar um comentário

0 Comentários