Plataforma constrói propostas para a política energética

Movimentos sociais e sindicais realizam seminários sobre energia em todas as regiões do país a partir desta semana. As resoluções dos debates serão encaminhadas em forma de propostas para a política energética nacional aos candidatos à presidência da república.

Enviada por Movimento dos Atingidos por Barragens

Nesta terça-feira (19) começa em Belém (PA) o primeiro da série de seminários regionais sobre energia organizada pela Plataforma Operária e Camponesa para a Energia. Além da capital paraense, as cidades de Florianópolis, Recife, Rio de Janeiro e Brasília também recebem os debates sobre o atual modelo e as alternativas para a criação do projeto energético popular para o Brasil.

Com estimativa de receber por volta de 1500 pessoas, os seminários dão sequência ao Seminário Nacional da Energia, ocorrido nos dias 19 e 20 de maio deste ano em Belo Horizonte (MG).  

Na ocasião, mais de 100 lideranças de trabalhadores ligados ao setor energético firmaram uma aliança para a construção de amplas discussões sobre a energia, através de seminários nas cinco regiões brasileiras.

Com a colaboração de diversos intelectuais, como o professor da UFABC, Igor Fuser, e o coordenador da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Antônio Moraes, a disputa política sobre o petróleo brasileiro será um dos temas centrais durante os seminários.

“Principalmente após a descoberta das reservas do pré-sal, intensificou-se a ofensiva neoliberal para desmoralizar a Petrobrás e, consequentemente, abrir caminho para a entrega do petróleo brasileiro ao capital estrangeiro”, observou o membro da Plataforma e integrante da coordenação nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens, Gilberto Cervinski.

Além do petróleo, a questão das tarifas de energia elétrica e a situação das populações atingidas por barragens serão temas abordados nas mesas.

Após a sistematização dos debates, as organizações cobrarão posicionamento dos candidatos à presidência da pública em relação às propostas da Plataforma.

Histórico
A Plataforma Operária e Camponesa para a Energia foi criada em 2010, a partir da articulação entre trabalhadores eletricitários, petroleiros, engenheiros, atingidos por barragens e agricultores, com a proposta de criar um espaço de dialogo e articulação das lutas para se avançar em um projeto popular para a energia no Brasil.

Serviço:  


Seminário Norte - 19 e 20 de agosto
Local: Sindicato dos Urbanitários de Belém – Avenida Duque de Caxias, 1234 – Bairro do Marco
Belém - Pará
Assessoria de imprensa: Elisa – comunica@mabnacional.org.br - 93 92234531


Seminário Sul - 20 e 21 de agosto
Local: Avenida Marinheiro Max Schramm, 2149 – Jardim Atlântico
Florianópolis – Santa Catarina
Assessoria de imprensa: Neudicleia – neudioliveira@hotmail.com - (54) 8101 7170

Seminário Nordeste – 02 e 03 de setembro
Local: Universidade Federal de Pernambuco
Recife – Pernambuco
Assessoria de imprensa: Mércia – mercia_vf@hotmail.com - (88) 9687 7675

Seminário Sudeste – 09 e 10 de setembro
Local: Cenam – Rua Alm. Alexandrino, 2023 – Santa Teresa
Rio de Janeiro - RJ
Assessoria de imprensa: Vinicius – vinidenadai1@homail.com – (11) 95211 8721

Seminário Centro oeste/ Nacional: 17 e 18 de setembro
Local: Brasília – Distrito Federal
Assessoria de imprensa: Guilherme – imprensa@mabnacional.org.br – (11) 98241 3171

Postar um comentário

0 Comentários