Educação liberal: experiência em coisas bonitas

por Leo Strauss

biblioteca

A educação liberal, que consiste na interação constante com as maiores mentes, é um treinamento na mais alta forma de modéstia, para não dizer de humildade. É ao mesmo tempo um treinamento em audácia: exige-nos a ruptura total com o ruído, a pressa, a irreflexão, a barateza da Feira da Vaidade dos intelectuais, bem como dos seus inimigos. Exige de nós a audácia implícita na determinação de considerar os pontos de vista aceitos como mera opinião, ou de considerar as opiniões médias como opiniões extremas que são pelo menos tão susceptíveis de serem erradas quanto as opiniões mais estranhas ou menos populares. A educação liberal é a libertação da vulgaridade. Os gregos tinham uma bela palavra para "vulgaridade"; chamaram-lhe apeirokalia, a falta de experiência em coisas bonitas. Educação liberal fornece-nos com experiência em coisas bonitas. 

(Leo Strauss,  liberalismo antigo e moderno)

Postar um comentário

0 Comentários